Como organizar o guarda roupa

Um dos maiores problemas dos adolescentes, e claro, de suas mães, é o bendito guarda roupa, que está sempre bagunçado. Closet, guar roupa ou armário, não interessa, eles sempre estão bagunçados, já que essa fase é uma das mais rebeldes. As pessoas não sabem o que dobrar, o que pendurar, o que colocar em caixas. Isso ocorre porque as pessoas não organizam corretamente de propósito, por equivocados hábitos.

As peças de roupas não devem ser enroladas para aumentar o espaço livre do guarda roupa e houver espaço para mais roupas. O correto é deixá-las da forma original, que são. Gravatas, meias e biquínis não devem ser enrolados. Enrolar cede o elástico das peças, os tecidos da gravata podem danificar, o que ocorre também com os cintos com o material de couro.

Os cabides devem ser padronizados para manter uma ordem no armário. As pessoas compram qualquer tipo de cabide e, simplesmente, não sabem que não é qualquer cabide que deve ser usado em qualquer roupas. Há tipos de cabides para cada tipo de roupa. E quem não sabia disso, agora já sabe. Os industriais devem ser usados em calças, os modelos almofadados são utilizados em peças mais delicadas, e os cabides do seu tamanho com ombros são para peças feitas em alfaiataria. As roupas de malhas e tricôs ficam tortos, com pontas e marcados. Os tecidos elásticos não podem ser pendurados.

As pessoas costumam guardar as roupas em capas de plástico e/ou em caixas sem aberturas para o tecido respirar, para proteger bem os tecidos, isso não é correto. As caixas precisam ser de material de papelão e furadas. As capas devem ser de TNT ou devem ser abertas na parte de baixo, para apenas proteger a poeira. Os tecidos precisam respirar, se as caixas ou capas são totalmente fechadas, os tecidos se emboloram.

Os casacos bem pesados e as roupas de cashmeres devem ser evitados serem guardados sujos. As peças sujas acumulam bactérias e fungos, guardá-las sujas ou apenas lavar quando usar na próxima vez, causa manchas e altera a aparência do tecido.

O que você não gostar e estiver ocupando espaço desnecessário no seu guarda roupa, separe e doe. Conserve o que você usa apenas. As roupas que devem ser ajustadas, consertadas, reparadas ou necessitam de lavagem peculiar, você precisa separá-las.

O melhor a ser feito é manter as roupas semelhantes juntas, como saias-sais, vestidos-vestidos, casacos-casacos, entre outras. Agrupe as roupas no seu guarda roupa da melhor forma que você preferir, por exemplo, coloque roupas de sair com roupas de sair, roupas de ginástica com roupas de ginástica, entre outros.

As roupas que são passadas, por exemplo, ternos, caças, vestidos, camisas, sais devem ser penduradas. As camisas que são passadas devem ter o seu primeiro botão abotoado, com isso elas serão conservadas. Para não cair do cabide, os casados devem ser fechados. As gavetas são para roupas íntimas, lenços, meias, peças mais pequenas. Nas prateleiras são guardadas shorts, bermudas, camisetas, estando tudo bem visível.

Veja uma forma boa de dobrar as camisetas e torne isso padrão, isto é, para todas. Isso deixará visível uma ordem nas prateleiras. Nas gavetas de roupas íntimas, use divisórias para separar e manter organizada as respectivas peças por materiais, uso ou cores. A partir das estações, inicie um rodízio das roupas, ou seja, no inverno retire as roupas de verão e as guarde. No verão retire as roupas de inverno e as guarde. O seu guarda roupas irá ter mais espaço e estará sempre mais arejado.