Como Limpar Caixa de Gordura

Limpar caixa de gordura é fundamental. As caixas de gordura são fundamentais para o bom funcionamento do esgoto de sua casa, mas deve passar por uma manutenção constante. Os especialistas em limpeza dizem que as caixas de gorduras residenciais precisam ser limpas de seis em seis meses para evitar entupimento dos canos, mau cheiro, escoamento lento da água da pia e invasão de pragas urbanas, como baratas, ratos, entre outros. Além da manutenção, a construção deve seguir as definições especificadas pela ABNT.

Pouco conhecida por proprietários de imóveis, a caixa de gordura é retangular ou cilíndrica, produzida em diversos materiais e instalada, regularmente, na parte externa da casa e recebe a água da pia da cozinha, antes de seguir a rede pública de esgoto. O principal papel da caixa de gordura é reter a gordura, claro, e outros dejetos sólidos, apenas deixando a água passar para o encanamento da rua. A gordura entope canos, causando a volta da água suja pelos ralos, e nos tempos chuvosos, alagamentos das ruas.

Mas os técnico em tratamento da água dizem que é preciso sempre limpá-la. Se não houver a manutenção regular, pode ocorrer o entupimento, provocando a volta da gordura pela tubulação interna, causando sujeira, mau cheiro e riscos à saúde. Como já foi falado, limpar caixa de gordura em imóveis residenciais deve ser feita de seis em seis meses, já em imóveis que lidam com refeições, lanchonetes e restaurantes, a limpeza deve ser quase diária.

O proprietário na manutenção, pode fazê-la sozinho, abrindo a caixa e retirando os dejetos, ou contratar uma empresa, como as desentupidoras e limpa-fossas. Os profissionais especializados cobram em média, R$ 100,00 para efetuar a limpeza e manutenção. O serviço, em sua maioria, é feito em menos de uma hora;

A ABNT expõe que a capacidade das caixas em residência comum devem ser de 18 litros. A norma também estabelece que a caixa deve ser em formato cilíndrico ou retangular. Nos edifícios, há uma única caixa de gordura para todos os condôminos. A capacidade mínima depende do número de apartamentos. O material deve ser escolhido pelo proprietário do imóvel. A estrutura deve apenas ser resistente, construída em local ventilado, de fácil acesso e com boas condições de vedação, para evitar ratos e baratas. No mercado, há a alvenaria comum, o PVC e o polietileno. Os técnicos citam que as caixas de gordura de PVC tem mais destaque, pois evitam a infiltração dos dejetos no solo, o que ocorre na de alvenaria.