Como limpar a língua do bebê

As mamães precisam ficar atentas sobre a higiene bucal do seu bebê. A preocupação não deve surgir apenas quando os dentinhos começam a aparecer. Por acharem que são dentes de leite e logo vão cair, acabam não cuidando deles, o que é totalmente inapropriado. Não pode-se pensar assim, e esperamos que a maioria gritante dos papais e mamães não pensem que os dentinhos de leite não merecem atenção. Eles precisam de muito cuidado e são importantes. Os dentes de leite guiam os dentes permanentes em seu nascimento. Estes abrem espaço para dentição posterior e são extremamente importantes para a fala e para mastigação. Cuidando dos dentes de leite, você está cuidando também dos dentes permanentes. Por isso, aqui, saiba como cuidar da higiene bucal do seu bebê. Enfim, como limpar a língua do bebê?

Higiene bucal do neném

Por volta do 6º mês é que os dentinhos começam a nascer. Entretanto a higiene bucal precisa iniciar antes, utilize uma fralda ou gaze molha na água filtrada e procure passar na boca do bebê, em sua totalidade, limpando bochechas, gengiva e também a língua. Promovendo essa intervenção, a criança acostuma e não dificulta o trabalho quando precisar ir ao odontopediatra e com os hábitos corretos que serão precisos futuramente.

limpando a língua do neném

Na fase anterior à escova

Em cada etapa, há uma forma de limpar a boca do neném corretamente. Assim que os dentes nascerem, substitua a fralda ou gaze pela dedeira. É a escova infantil recomendada. Já o fio dental também pode ser utilizado quando os dentinhos surgirem. A pasta de dente precisa ser consultada ao odontopediatra. Ele irá indicar o momento certo para a utilização do creme, pois contém flúor e os bebês não podem pela presença da imaturidade da deglutição. O bebê não pode engolir uma quantidade grande e flúor, prejudica os dentes permanentes.

A cárie da mamadeira

Em 60% das crianças com até 3 anos ocorre a presença da cárie de mamadeira. Ela pode ser evitada. Essa cárie aparece pela alimentação à noite da criança, podendo ser o leite normal ou materno, já que depois da alimentação ele irá dormir e a higienização correta não serpa feita. No momento do sono ocorre a diminuição da saliva, e ela ajuda a manter a boquinha do bebê limpa, porém com a sua diminuição a cárie se favorece e pode-se instalar rapidamente.

Essa cárie dói e ataca os dentes do neném rapidamente, além de provocar o mau hálito, problema na fala e no momento de mastigar, e provoca uma visão feia esteticamente. A mamãe pode observar os dentinhos do seu bebê, caso aparece manchas opacas de cor branca, leve-o rapidamente ao dentistas, sendo este momento o surgimento da cárie.

Caso a criança coma muitos alimentos com açúcar ou a mamãe tem o hábito de adoçar a chupetinha do neném para acalmar, pode provocar a cárie de mamadeira também. Qualquer cárie é infecciosa, isto é, passa de um para o outro, por isso, evite comer com o mesmo talher da criança, ou beijar a boca ou assoprar a alimentação, se você possuir cárie irá transmiti-la. Levar a criança ao dentista é essencial para a higienização bucal correta e à dentição saudável futuramente.

higiene bucal da criança

Algumas dicas

  • Apesar do bebê não possuir dentes, a higienização bucal deve ocorrer da mesma forma, como já foi explicado;
  • Alimentar a criança a noite só pode ocorrer até o primeiro ano de vida para que seja evitada a cárie de mamadeira;
  • Mesmo se a criança se alimentar nesse período do dia, faça a higienização mesmo se ela estiver dormindo;
  • A criança deve ir ao dentista de 6 em 6 meses a partir do 6º mês de vida para a prevenção das cáries.

Você faz a higienização da boca do bebê? Conte-nos se o artigo ajudou nos comentários.