Como Lavar Motos

Como lavar motos não é algo complicado, mas deve-se tomar alguns cuidados. Os carros são protegidos pelas carrocerias que cobrem o motor, os cabos, os freios, entre outros. Já as motos precisam que algumas partes sejam protegidas. Um lembrete, moto deve-se lavar em casa, principalmente por ter tomar essas precauções. Coloque um tampão no escapamento para que a água não entre. Veja neste artigo como economizar dinheiro, preservar a moto e algumas dicas de como lavar motos.

As motos têm vários componentes que são protegidos por borrachas conhecidos como retentoras, nas juntas e corrente como suspensão, balança, pedal de câmbio, entre outros. Quando a querosene é jogada por cima das borrachas irão sofrer e rachar. Vão perder a capacidade de vedar as entradas da sujeira ou permitir que o óleo vaze. O óleo diesel é uma ótima opção para substituir o uso da querosene, não ataca os plásticos e as borrachas. O Solupan também deve ser evitado. É um produto muito agressivo para a área externa da moto. No mercado há diversos produtos próprios que não agridem os cromados e nem as pinturas da moto e do carro.

Ao lavar utilize luvas cirúrgicas, vasilha, óculos de proteção, pincel macio, panos, balde, mangueira e esponja. O óleo diesel pode ser borrifado com o uso dos borrifadores que usamos para passar roupa ou regas as plantas. Lembre-se: utilize esse borrifador apenas para o óleo.

Borrife o óleo diesel nos locais que as sujeiras grudam com mais resistências, nos locais onde respigam o óleo da corrente, debaixo do motor, no cárter, embaixo dos pára-lamas, balança traseira, bengalas, raios, roda traseira sem deixar respingar o cubo de freio ou o disco, bloco do motor. Com pressão, jogue a água com a utilização da mangueira para tirar o diesel.

Com a esponja, mergulhe-a na água com o detergente específico para a lavagem de motos e ensaboe até que se faça espuma. Inicie de cima para baixo, sempre da mais limpa para a mais suja. Com cuidado enxágue sem  usar pressão até que saia todo o sabão. Pode ser usado uma escova para esfregar o banco, ainda mais se ele for colorido.

como lavar motos

Para enxugar utilize o pano macio como camisetas mais velhas e fraldas de pano. Retire a proteção do escapamento e por 30 segundos ligue o motor para retirar a umidade. As partes cromadas precisam ser enxugadas para que não provoque ferrugem. Sempre inicie de cima para baixo. Depois que tudo estiver seco ligue o motor por 2 minutos para acabar de secar tudo.

Por fim, os cuidados básicos: a cera e o polimento deve ser feito de dois em dois meses. Para as peças cromadas utilize o limpa prata, tenha cuidado no manuseio, utilize com uma esponja para espalhar a cera e o algodão para retirar o excesso e dar mais brilho. No plástico use a cera de silicone para que não resseque. Já no tanque a automotiva pode ser utilizada. Polir o tanque e encerar o banco não é indicado, já que escorrega demais.

Outras dicas que você pode aprender: não passe os produtos químicos nos pneus, pois resseca a borracha. Depois de lavar, faça a lubrificação da corrente com o óleo 90 spray ou graxa branca spray. Faça a lubrificação da embreagem com o óleo fino. Nas primeiras frenagens, tome cuidado, pois estarão frios e molhados.  A moto pode ser lavada de 15 em 15 dias ou melhor de 30 em 30 dias. Ao lavar, veja se as peças estão desgastadas, cheque as lâmpadas e as várias regulagens. Os donos mais pacientes e cuidosos podem retirar o banco e o tanque, mas apenas limpe com o pano úmido e não jogue água.